Alinhamento e balanceamento: saiba para que servem e quando fazer - Fly Ford

Alinhamento e balanceamento: saiba para que servem e quando fazer

15 de maio de 2021 / 37 / Dicas de Manutenção
Facebook It
Tweet It
Pinterest It

Alinhamento e balanceamento: saiba para que servem e quando fazer

COMO FUNCIONA ESTES PROCEDIMENTOS? ENTENDA A IMPORTÂNCIA DE FAZER ESSAS MANUTENÇÕES.

Você provavelmente já ouviu dizer que é importante fazer o alinhamento e balanceamento do carro para mantê-lo em bom estado de funcionamento, certo? Mas em que exatamente consiste cada uma dessas manutenções? Com qual frequência é preciso fazer o alinhamento e balanceamento? O veículo apresenta sinais para mostrar que já está na hora de ir ao mecânico?

Este post justamente para sanar essas e tantas outras dúvidas sobre o assunto. Continue a leitura e aprenda mais!

O QUE É ALINHAMENTO?

Tendo como objetivo ajustar o ângulo dos pneus, deixando-os alinhados ao volante, o alinhamento é um procedimento que precisa ser realizado constantemente. O veículo está puxando para um lado ou para outro? Pode saber: chegou a hora de alinhar as rodas.

Os buracos e as irregularidades no asfalto são os piores vilões para o carro quando o assunto é alinhamento. Com desvios excessivos e trancos, as bordas dos pneus ficam mais desgastadas e o veículo acaba pendendo demais para um dos lados. Fica, assim, desalinhado.O procedimento é importante porque previne o desgaste irregular dos pneus, aumentando sua vida útil. Além disso, o alinhamento ainda contribui para a economia de combustível do veículo.

O QUE É BALANCEAMENTO?

Se o volante está tremendo e o carro está fazendo barulho (especialmente quando atinge certa velocidade), então é hora de ficar atento ao balanceamento. Essa trepidação não é perceptível apenas no volante, mas também no piso do carro, nos assentos e até no painel. Trata-se de um sintoma de desequilíbrio entre as rodas e os pneus, resultado de problemas nos movimentos de rotação e translação da roda do veículo.

Em geral, isso acontece porque os pneus estão recebendo peso sempre do mesmo lado, com uma quantidade maior de sobrecarga em apenas uma ou 2 rodas. O objetivo do balanceamento é justamente corrigir esse desequilíbrio e reduzir as vibrações internas.

Seja de acordo com a quilometragem indicada pela montadora ou quando você sentir os sintomas de que algo não está correto, providenciar o balanceamento na hora certa torna suas viagens mais confortáveis, além de garantir maior segurança para o motorista e os passageiros.

Alinhamento e balanceamento: saiba para que servem e quando fazer

COMO SÃO OS PROCEDIMENTOS

Ambas as manutenções são feitas com equipamentos de precisão. Para o alinhamento, as rodas são analisadas a fim de verificar se estão convergindo (com ângulo para dentro) ou divergindo (com ângulo para fora). Depois disso, é realizada a correção. Já no caso do balanceamento, para que o peso seja distribuído igualmente por todo o carro, são colocados contrapesos nas rodas que estão em desequilíbrio.

Para ambos os serviços, se a roda estiver torta ou envergada, é preciso consertá-la antes. Esses procedimentos são extremamente importantes para a segurança da condução. Quando não estão em dia, o carro fica mais instável, trepida em velocidades acima de 50 quilômetros por hora e se inclina para os lados.

QUANDO DEVEM SER FEITOS

Para a maioria dos carros, tanto o alinhamento quanto o balanceamento devem ser feitos a cada 10 mil quilômetros rodados. Na dúvida, basta consultar as recomendações contidas no manual do veículo.

É importante frisar que ambos os serviços precisam ser realizados nas 4 rodas, o que significa que é impossível alinhar ou balancear somente uma delas. Quando os pneus são trocados, também é necessário alinhar e balancear os novos, ok?

Apesar da recomendação relacionada à quilometragem, é preciso lembrar que a rotina de uso do veículo tem grande impacto sobre a frequência das manutenções. Por isso, se você sentir o carro puxando para um dos lados quando estiver realizando um percurso em linha reta, é hora de fazer o alinhamento. Já se você sentir trepidações no volante e falta de estabilidade no veículo ao dirigir, leve o carro à oficina para fazer o balanceamento.

Se você costuma trafegar por ruas muito esburacadas, se bateu o pneu em uma guia alta ou se teve algum acidente de trânsito com colisão, ainda que leve, terá que fazer essas manutenções mais cedo.

Fonte – https://blog.racon.com.br/alinhamento-e-balanceamento-saiba-para-que-servem-e-quando-fazer/

Fonte – https://www.grandprixtimes.com/car-suspension-guide/

PRECISA DE AJUDA PARA ENCONTRAR SEU CARRO NOVO?

FALE COM A GENTE
Compare List